Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

riscos_e_rabiscos

.

.

A ferver...!

Literalmente. A ferver! E não é só pelo calor que se fez sentir hoje, não. É pela falta de consideração pelo meu trabalho, pela minha pessoa, e por não enxergarem mais nada para além do seu umbigo.

 

Eu já tinha marcado os meus testes há imenso tempo. Falei com os meus colegas para que, ao marcar os meus testes, não coincidissem com os deles. Na sequência disto, informei-os da data dos meus testes nas suas turmas. Ninguém levantou problemas. A seguir fui ao Moodle e publiquei a data dos testes, além da matéria que ia sair, assim que cumpri o que estava previsto. Ah, mas antes avisei as turmas, como é claro. Mas como há gente que come muito queijo, a informação fica disponível no Moodle (e eu ainda mando mail aos pais).

 

Há umas semanas atrás, veio uma mamã pedir-me para não marcar testes no mesmo dia da professora titular da filha. E isto porquê? Por que a professora titular resolveu fazer teste quando lhe deu mais jeito, calhou no mesmo dia do meu que, por acaso, já estava marcado há que séculos.

Ontem esta mamã encontrou-me. Com uma lata do caraças disse-me "ó professora, eu tinha-lhe pedido para não marcar teste no mesmo dia da professora titular..." Só me apeteceu mandá-la à m*rda. Sinceramente. Ela pediu-me para não marcar no MESMO dia, mas parece-me que por conveniência pessoal, lhe dava mais jeito na última semana de aulas. Respondi-lhe à letra "é impossivel não marcarmos testes das nossas disciplinas na mesma semana, além disso eu não posso mudar o meu porque tenho um aluno que vai para fora na última semana de aulas..."

 

Hoje recebi um mail de outra mamã a dizer que a professora titular ia fazer teste no mesmo dia que eu e se eu não podia mudar para outro dia. Só podem estar a gozar!!! Porque não propõem isso à prof, titular?!? É que eu só tenho uma aula de 45 minutos por semana com a turma, e a prof. tem todos os dias das 9h até às 3h da tarde! Para além disso, tenho uma planificação a cumprir e tenho de ter matéria para o teste para poder avaliar devidamente os miúdos, não?!!? Já para nem falar que os meus 45 minutos dess turma, são sempre roubados: 5 a 10 minutos porque a professora não acabou tudo que tinha para dar, deixar os miúdos ir ao WC e finalmente, acalmar. Se as mamãs não dão valor ao inglês, como uma me disse por mail, eu não tenho nada a ver com isso. Eu sou profissional e tenho brio naquilo que faço.

 

Estou fartinha destas mamãs belicosas. E uma das mamãs se fosse matar os piolhos à filha e a ela própria (sim, andam a passera a olho nu por todo o cabelo, dizem as más linguas) fazia muito melhor. Mamãs, bah!